Internacional

Tempestade tropical Megi faz pelo menos 42 mortos nas Filipinas

Marissa Miguel Cano, a porta-voz do minicípio de Bayday, a região mais atingida de Leyte, afirmou que as operações de resgate tiveram de ser interrompidas no início da noite de hoje.

 Tempestade tropical Megi faz pelo menos 42 mortos nas Filipinas

As fortes chuvas, causadas pela tempestade tropical Megi que atinguiu o centro e sul da Filipinas, mataram pelo menos 42 pessoas, informaram esta terça-feira as autoridades locais. 

Marissa Miguel Cano, a porta-voz do minicípio de Bayday, a região mais atingida de Leyte, afirmou que as operações de resgate tiveram de ser interrompidas no início da noite de hoje. É "muito perigoso" continuar as buscas pelos  desaparecidos com a chuva que continua a cair e, principalmente, no escuro, disse. Em redor de Bayday, pelo menos 36 pessoas morreram, 26 estão desaparecidas e cerca de 100 ficaram feridas, dizem ainda as autoridades. 

Para além disso, pelo menos três pessoas morreram na província de Negros Oriental e outras três na ilha de Mindanao, situada a sul do país, reportou ainda a Agência Nacional de Gestão de Desastres.

A tempestade Megi fez com que mais de 17.000 pessoas fugissem para abrigos de emergências, depois de as suas casas terem sido inundadas, disse ainda a mesma agência. 

Os comentários estão desactivados.