Politica

Costa aceita convite do primeiro-ministro e vai visitar Kiev

Data da viagem será “divulgada num momento oportuno”.


O primeiro-ministro reuniu-se, esta quarta-feira de manhã, com o homólogo ucraniano, em videochamada. No final da reunião fez saber que tinha aceitado o convite para ir a Kiev.

António Costa, que já se tinha mostrado disponível para viajar até à capital ucraniana se fosse convidado, vai mesmo a Kiev, no entanto a data ainda não é conhecida.

“A data [da visita] será divulgada num momento oportuno“,afirmou António Costa, adiantando aos jornalistas que essa deslocação incluirá reuniões com o homólogo ucraniano mas também com o Presidente Zelensky.

O primeiro-ministro português revelou ainda que também será assinado de um acordo “para um apoio financeiro significativo” através do Fundo Monetário Internacional.

"É urgente reforçar as situações de apoio à Ucrânia", disse Costa, acrescentando que as respostas têm de ser "imediatas naquilo que são as necessidades de apoio ao povo ucraniano".

Sobre a adesão da Ucrânia à União Europeia, o chefe do Governo português afirmou que o processo está demorado. 

Os comentários estão desactivados.