Sociedade

5 de Outubro. Parlamento abre portas ao público pela primeira vez

O Palácio de São Bento vai estar de portas abertas entre as 15h e as 18h desta quarta-feira.


Pela primeira vez, o Parlamento vai abrir as suas portas aos cidadãos esta quarta-feira, entre as 15 horas e as 18 horas para as comemorações do 5 de Outubro.

Numa mensagem vídeo divulgada na terça-feira, Augusto Santos Silva anunciou ainda que a Assembleia da República vai passar a estar de portas abertas neste feriado nacional que assinala a Implantação da República.

“É a primeira vez que isto sucede, mas não será a última, porque são muito importantes estes momentos de abertura do edifício do Parlamento a quem quiser visitar esta que é a sua casa”, declarou o presidente da Assembleia da República.

Quem passar pelo Palácio de São Bento esta tarde poderá “aproveitar e ver a exposição comemorativa dos 200 anos da nossa primeira Constituição”, acrescentou Santos Silva na sua mensagem. Na Sala do Senado, uma formação da Orquestra Sinfónica do Algarve também dará um concerto, o qual terá entrada livre.

A cerimónia oficial arranca mais cedo e realiza-se como é habitual na Câmara Municipal de Lisboa e contará com os discursos do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa e do próprio presidente da autarquia Carlos Moedas, que fará o seu primeiro discurso num 5 de Outubro, após ter sido eleito nas eleições locais do ano passado. O autarca já tinha marcado presença, a convite de Fernando Medina, o ano passado (poucos dias depois de ser eleito), mas apenas para assistir à cerimónia.

Inicialmente, o primeiro-ministro ia falhar as cerimónias comemorativas, por motivos pessoais, mas mudou de ideias e irá marcar presença. Desde que o 5 de Outubro passou novamente a ser feriado, depois de o Governo de Passos Coelho o ter abolido, durante o período de assistência económica e financeira da troika, António Costa só tinha faltado a esta cerimónia em 2019, por ser dia de reflexão e ir a eleições no dia seguinte. 

Os comentários estão desactivados.