Internacional

Tropas ucranianas deixam Soledar

Rússia afirmou, a 13 de janeiro, ter conquistado a cidade


O exército ucraniano admitiu esta quarta-feira que se retirou de Soledar, duas semanas depois de as forças russas terem anunciado a conquista da cidade. 

"Após meses de duros combates, (...) as forças armadas ucranianas deixaram a cidade para recuar para posições preparadas", disse Sergei Cherevaty, porta-voz militar ucraniano da zona ocidental, à agência de notícias francesa AFP- 

Contudo, Cherevaty não disse quando é que as forças ucranianas se retiraram daquela cidade, que, antes de a Rússia ter invadido o país, a 24 de fevereiro do ano passado, tinha cerca de 10 mil habitantes. 

A 13 de janeiro a Rússia afirmou ter conquistado Soledar, mas, nesse mesmo dia, as autoridades ucranianas disseram que continuavam a resistir às forças russas. 

Soledar é uma cidade mineira próxima de Bakmut, sendo que ambas integram a região de Donetsk, que a Rússia anexou no final de dezembro, juntamente com Lugansk, Kherson e Zaporijia. 

Recorde-se que já em 2014 a Rússia disse ter integrado a península ucraniana da Crimeia no seu território, contudo, nem a Ucrânia nem a maioria da comunidade internacional reconhecem a soberania russa nestes cinco territórios. 

 

 

Os comentários estão desactivados.