autoeuropa

Autoeuropa. Greve sempre avança apesar de ameaça de acordo

Sónia Peres Pinto