memoria



Funchal. A vida depois da morte de um senhor muito elegante

Afonso de Melo