Politica

Assis critica "optimismo balofo" do PSD e CDS-PP

O "número um" do PS às europeias, Francisco Assis, disse hoje que a realidade económica e social desmente o "otimismo balofo" de PSD e CDS-PP, pelo que é preciso "mudar já" o rumo político de Portugal e da Europa.

"A realidade desmente em absoluto o otimismo balofo desta maioria e vem dar razão às preocupações do PS. É por isso necessário mudar. E é preciso mudar já, o mais urgentemente possível. A mudança hoje em Portugal é inadiável. E essa mudança pode começar na Europa", realçou Francisco Assis num comício em Leiria.

Falando perante centenas de militantes e apoiantes do PS, o candidato a eurodeputado advertiu para a "teoria da fantasia e da falsificação da realidade" da maioria.

"Esta campanha eleitoral já tem sido e vai ser cada vez mais uma campanha entre a realidade e a propaganda, entre a verdade e a mentira. Os nossos adversários vão recorrer a todos os subterfúgios para tentarem iludir a realidade", sublinhou Assis.

O "falhanço absoluto" da política económica que tem vindo a ser seguida pelo Governo demonstra a "exigência" de mudança de prioridades "quer a nível europeu quer a nível nacional", reforçou ainda o socialista.

Falando perante um lotado auditório em Leiria, Francisco Assis abordou os seus dois últimos meses, onde na pré-campanha e nesta semana oficial de campanha eleitoral para as europeias esteve por todo o país, "de norte a sul, não esquecendo as ilhas".

"O que vislumbrei foi o seguinte: o país quer de novo ouvir o que o PS tem para lhe dizer. O país quer de novo ouvir o PS. O país quer de novo aproximar-se do PS", defendeu.

Assis diz estarem criadas "todas as condições" para uma vitória a 25 de maio, porque "os portugueses estão profundamente desiludidos com esta maioria e este Governo".

"Este Governo perdeu a credibilidade. Já ninguém acredita que os seus principais dirigentes dizem. Os portugueses sabem que foram enganados do primeiro ao último minuto", advogou o candidato do PS ao hemiciclo europeu.

Lusa / SOL