Sociedade

Mulher de Medina recebe prémio de 17 mil euros da TAP em ano de prejuízos recorde

Abílio Martins recebeu bónus apesar de a empresa que administra ter dado prejuízos pela primeira vez. Também mulher de Fernando Medina recebeu quase 18 mil euros.

O administrador da TAP Abílio Martins recebeu 110 mil euros de prémio da TAP. Ao todo, a companhia aérea pagou bónus de 1,17 milhões de euros a 180 pessoas, apesar de ter registado um prejuízo de 118 milhões de euros no ano passado. O ex--braço direito de Zeinal Bava na PT e na Oi beneficiou deste prémio mesmo com a empresa que administra, a Cateringpor, a apresentar perdas pela primeira vez. O mesmo valor foi recebido pelo chief revenue officer da TAP, Elton D’Souza.

De acordo com a lista a que o i teve acesso, os valores variam entre os 110 mil e pouco mais de mil euros e foram pagos com o salário de maio destes colaboradores.

Também o chief technical officer, Mário Lobato de Faria, surge no terceiro lugar do ranking dos que receberam os maiores prémios, ao ter encaixado mais de 88 mil euros.

A seguir a estes valores milionários aparecem ainda prémios de 49 mil euros – Miguel Paiva Gomes, global chief cargo officer da TAP – e de 42 mil euros – Alexandra Reis, chief procurement officer.

Os restantes prémios são iguais ou inferiores a 30 mil euros, onde se destaca o de quase 18 mil euros recebido por Stéphanie Silva, do gabinete jurídico da empresa. A mulher de Fernando Medina e filha do ex-ministro da agricultura Jaime Silva entrou na empresa, a 1 de maio de 2018, a convite do acionista privado Atlantic Gateway.

Leia aqui o artigo na íntegra