Sociedade

SNMMP admite desconvocar a greve

Acordo com a ANTRAM pode estar prestes a ser assinado

O presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas, Francisco São Bento, admitiu esta sexta-feira à noite, que a greve, cujo início foi marcado para as 00h deste sábado poderá vir ser a ser desconvocada, no caso de ser assinado um acordo com a ANTRAM.

Ambas as partes estão, neste momento, reunidas no Ministério das Infraestruturas, em Lisboa. Francisco São Bento disse aos jornalistas que o sindicato foi chamado ao encontro com a garantia de que a proposta que apresentaram esta sexta-feira “ia ser aceite”.

"Portanto, vamos reunir com ambas as partes, para firmar este acordo", afirmou, sem, no entanto, adiantar o conteúdo da proposta.

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, entrou no edifício pela garagem, não prestando declarações.

Recorde-se no passado dia 21 de agosto, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) apresentou um novo pré-aviso de greve, mas desta vez por tempo determinado – para o período de 7 a 22 de setembro.

Na sequência, o Governo decretou serviços mínimos apenas aos fins de semana e feriados, uma vez que considerou que todos os serviços essenciais conseguirão ser abastecidos durante as oito horas de trabalho que os motoristas vão realizar nos dias úteis.