Politica

António Costa diz que novo Governo foi "mais reforçado politicamente"

A nomeação e posse do XXII Governo Constitucional está prevista para a próxima semana.

Depois de Marcelo Rebelo de Sousa dar luz verde, esta terça-feira, aos nomes apresentados por António Costa para a constituição do novo Governo, o primeiro-ministro indigitado considerou que o novo Executivo é uma “continuidade daquilo que foi a governação anterior”, mas “mais reforçado politicamente". 

"Estão criadas as condições para que a Assembleia da República possa iniciar funções”, disse António Costa, depois de se reunir com o Presidente da República.

A nomeação e posse do XXII Governo Constitucional está prevista para a próxima semana em data a determinar.

O novo Governo terá dois novos ministérios e cinco novos ministros:  a da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, a do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, a da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, a da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, e do Mar, Ricardo Serrão Santos.

O XXII Governo Constitucional prevê ainda que Pedro Siza Vieira, Augusto Santos Silva, Mariana Vieira da Silva e Mário Centeno sejam ministros de Estado.

"Com quatro ministros de Estado (Pedro Siza Vieira, Augusto Santos Silva, Mariana Vieira da Silva e Mário Centeno) permite-se ao primeiro-ministro e ao ministro dos Negócios Estrangeiros assegurarem plenamente a condução da presidência portuguesa da União Europeia" , refere fonte oficial do Executivo socialista.