Politica

Ventura avança com proposta-bandeira da campanha

O deputado eleito pelo Chega defende que tem de ser exigido à AR os mesmos sacrifícios pedidos “às empresas e às famílias”: “menos gastos, menos excessos e maior eficiência”.

O Chega apresentou um projeto de resolução a recomendar ao Governo “a abertura do debate que promova a redução do número de deputados do Parlamento”.

O diploma argumenta que “não são necessários 230 deputados num país com a dimensão e as clivagens político-ideológicas existentes em Portugal”.

A proposta para reduzir o número de deputados foi uma das bandeiras de André Ventura durante a campanha eleitoral para as eleições legislativas do dia 6 de outubro.

O deputado do Chega defende, no projeto de resolução, que “os portugueses não compreenderão que não sejamos capazes de implementar” na Assembleia da República os mesmos sacrifícios exigidos “às empresas e às famílias”, ou seja, “menos gastos, menos excessos e maior eficiência”.

André Ventura garante também que a redução do número de deputados poderá conduzir a “um Parlamento mais produtivo” e “mais capaz”.

Nesse sentido, o diploma que o deputado do Chega vai apresentar defende a abertura de uma discussão sobre a redução do número de deputados e a criação de “uma comissão de estudo sobre a melhor forma de articular esta redução com a legislação eleitoral, atendendo aos critérios constitucionais atualmente existentes”.