Politica

Ventura avisa: Ou Rui Rio "acorda" ou haverá "mexicanização" do regime

Esta mensagem do Líder do Chega surge pouco depois do seu recado no domingo passado: “PSD, ouve bem, não haverá governo em Portugal sem o Chega!"

André Ventura deixou um recado, esta terça-feira, ao líder do PSD, sublinhando que a direita tem de perceber que está no mau caminho.

"Ou o doutor Rui Rio acorda ou nós um dia acordamos com uma espécie de 'mexicanização' do regime, em que o PS manda em tudo e não somos capazes de fazer nada. E é isso que me preocupa neste momento", disse o deputado único do Chega, depois da reunião com o Presidente da República sobre a renovação do estado de emergência, que decorreu por videoconferência.

O líder do Chega falava aos jornalistas, na Assembleia da República, e sublinhou que "a direita" tem de "conseguir perceber" que está no "mau caminho".

Ventura acusa “a direita” de Rui Rio de estar a "dar a mão ao Governo, com um suposto sentimento patriótico" e assim "destruir tudo dia após dia".

Recorde-se que esta mensagem dirigida ao líder dos sociais-democratas surge pouco depois do seu outro recado na noite das eleições presidenciais, no domingo, onde a candidatura de André Ventura a Belém somou 11,9% da preferência dos eleitores, o que corresponde a 496.661 votos.

"Não há segundas vias depois desta noite. Hoje [domingo] ficou claro em Portugal e para a Europa e para o Mundo que não haverá Governo em Portugal sem que o Chega seja parte fundamental. Não há volta a dar. PSD, ouve bem, não haverá governo em Portugal sem o Chega!", afirmou Ventura no domingo.