Alexandra Leitão indicada por Santos Silva para conduzir inquérito sobre fuga de informação sobre a TAP

Deputada socialista tem 15 dias para apresentar conclusões da investigação sumária.

Alexandra Leitão indicada por Santos Silva para conduzir inquérito sobre fuga de informação sobre a TAP

A deputada do PS Alexandra Leitão foi indicada pelo presidente da Assembleia da República para coordenar a investigação, sumária, sobre a fuga de informação relacionada com documentos entregues à comissão parlamentar de inquérito sobre a TAP, avançou o Expresso.

A escolha de Alexandra Leitão terá sido feita no âmbito da sua função enquanto presidente da Comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados.

O objetivo da investigação sumária é o de “avaliar o cumprimento das regras legais relativas a este tema e, ainda se for o caso, identificar situações passíveis de correção e de sanção, nos termos legais", segundo o despacho assinado, esta segunda-feira, por Santos Silva, citado pelo mesmo jornal.

A ex-governante, que tem sido uma das vozes mais críticas dentro do PS sobre a atuação do Governo nesta polémica, tem um prazo de 15 dias para apresentar as conclusões da investigação à tutela política da gestão da TAP.

Recorde-se que em causa está a divulgação de documentos e mensagens trocados entre membros do Governo e entregues na comissão de inquérito à gestão da companhia aérea, que tinham sido identificados como classificados.