Politica

Ana Catarina Mendes é o nome proposto por Costa para líder parlamentar do PS

Dirigente socialista faz parte do núcleo duro de Costa e foi responsável pela campanha do PS nas últimas três eleições. Já José Luís Carneiro deverá substituir Ana Catarina Mendes como secretário-geral adjunto do partido.

O secretário-geral socialista, António Costa, deverá propor o nome de Ana Catarina Mendes para o cargo de presidente do Grupo Parlamentar do PS, deixado vago por Carlos César, segundo informação avançada por uma fonte oficial do partido, citada pela agência Lusa.

A dirigente socialista, membro do chamado núcleo duro de Costa, era desde 2015 secretária-geral adjunta do PS, sendo que nas últimas eleições legislativas foi cabeça de lista dos socialistas pelo círculo de Setúbal.

Ana Catarina Mendes, na sua qualidade de número dois da direção dos socialistas, foi a responsável pela coordenação das campanhas nas últimas eleições: autárquicas em 2017, europeias em maio passado e legislativas no dia 6 deste mês. Tendo o PS sido o partido mais votado nas três idas às urnas.

Ao assumir as funções de Carlos César, Ana Catarina Mendes deixará assim vago o cargo de secretária-geral adjunta do PS, que deverá, segundo a mesma fonte oficial, ser ocupado por José Luís Carneiro, até agora secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.