Economia

Orçamento do Estado aprovado em Conselho de Ministros

O documento vai ser entregue já amanhã à Assembleia da República.


A proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) foi aprovada, esta terça-feira, em Conselho de Ministros. O documento vai ser entregue já amanhã à Assembleia da República.

"O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de lei do Orçamento do Estado para 2022", lê-se num comunicado do Governo.

As matrizes gerais do OE2022 foram apresentadas ontem aos partidos com representação parlamentar (PS, PSD, Chega, Iniciativa Liberal, Bloco de Esquerda e PCP) e ainda aos deputados únicos do PAN e Livre pelos ministros das Finanças, Fernando Medina, e Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes.

Os membros do executivo não prestaram declarações aos jornalistas, algo fora do habitual quando realizado este momento na governação, no final da ronda com os partidos. No entanto, a Iniciativa Liberal fez questão de anunciar que o Governo de António Costa projeta já uma inflação de 4% para este ano, mais do que os 2,9% previstos no Programa de Estabilidade.

O PSD afirmou que este ano será de "uma austeridade encapotada". Mesmo com o aumento dos salários, a subida da inflação não irá compensar este crescimento.

Já o PS respondeu que introduzir imediatas compensações salariais poderá gerar uma "espiral inflacionista”, pelo que a solução passa por controlar os preços para proteger os rendimentos das famílias.

Relativamente ao cenário macroeconómico, o Governo deverá manter a meta do défice de 1,9%, admitindo ainda que poderá baixar a estimativa de 5% para o crescimento económico este ano.

Consulte aqui o comunicado do Conselho de Ministros

Os comentários estão desactivados.